O seu esquadro está no esquadro?

6

Olá amigos!

Bom, vocês já sabem que nós gostamos muito de ferramentas de qualidade. Por isso é muito importante verificar o funcionamento, qualidade de construção e a resistência não somente na comprar, mas também como manutenção de sua ferramenta.

Nesse vídeo vamos conferir alguns esquadros e mostrar como aferir se estão realmente “no esquadro” para não errar nas suas montagens.

Isso porque o Leandro passou em uma loja de R$ 1,99 e decidiu comprar um “lindo esquadro baratinho”; e ainda por cima, barganhou o produto de R$ 5,99 por apenas R$ 5,00 (ele alega que não tinha moedas na hora, somente uma nota de cincão, e a moça aceitou…)

Mas não deu outra: o esquadro, além de ser muito mal feito, também está marcando um ângulo completamente diferente dos 90 graus usuais.

Assista ao vídeo e entenda melhor como verificar se o seu esquadro está no esquadro!

Compartilhe.

Sobre o autor

6 Comentários

  1. Contei meus esquadros. São seis ao todo. Todos tortos, inclusive o último que comprei, um starret. Reclamei para a própria starret e eles me pediram para mandar de volta, com sedex pago. Mandei faz uns 15 dias. vamos ver no que vai dar. Eles foram bem atenciosos, espero que meu problema seja resolvido.

  2. André Bicudo on

    Outro instrumento que tem muito problema e precisa ser veríficado é o nível. É muito raro encontrar um nível que marca corretamente. Eu aprendi com um pedreiro que para verificar a qualidade do nível basta coloca-lo horizontalmente em uma superfície e memorizar onde ficou. Ai inverte o nível dando um giro de 180º ( ou seja, invertendo o lado esquedo com o direto) na mesma superfície e posição e verificar se o nível ficou no mesmo lugar. Se ficou, está correto, se não, está com problemas.

    Isso para o nível horizontal e vertical. Para o de 45º ainda não pensei em um jeito de verificar.

    Abraço

    • Pois é André, também aprendemos verificar o nível dessa forma. Mas vou pesquisar se existe uma forma de verificar o nível em 45 graus! Abraço!

  3. Paulo Cassela on

    Caros empoeirados, foi de extrema valia vossa dica do esquadro, tenho um esquadro antigo (30 anos) herança do meu falecido pai, que Deus o tenha, reforçadíssimo, firme, só que nunca imaginei que o “esquadro estivesse fora de esquadro” fica até feio essa frase, pois é chega de lenga lenga, muito obrigado pela dica, hoje todo esquadro que vejo, pergunto, “ta no esquadro esse esquadro”? olham feio, mas depois agradecem, um forte abraço e parabéns pelo trabalho.

    • Legal, Paulo! Com o esquadro antigo, por ser uma herança de alguém tão querido e importante em sua vida, ele merece uma moldura bonita para ficar sempre à mostra em sua oficina, hein? Fica aí uma dica para uma nova utilidade ao esquadro do seu falecido pai. Um grande abraço e obrigado por nos seguir!

Deixe um comentário