InicioEpisódiosDicasAperto do Mandril da Furadeira

Aperto do Mandril da Furadeira

Hoje vamos de polêmica e uma questão que muita gente levanta: deve-se apertar os três lados do mandril para prender uma broca?

Os que argumentam que não é necessário, observam que o mecanismo do mandril pode ser acionado apertando apenas um lado, já que todas as castanhas movimentam-se juntas. Sendo assim, para que apertar todos os lados, não é?

Mas uma outra pergunta responde: se o aperto de um lado só fosse realmente eficiente, porque razão os melhores fabricantes de ferramentas ainda insistem em fazer três furos para o encaixe da chave?

BINGO!

aperto-mandril-detalhe

É isso mesmo. Pense comigo: em tempos de alta competitividade, onde cada segundo a menos na linha de produção faz a diferença na redução de custos, poderiam fazer apenas um furo! Vamos lá:

1.o MOTIVO para se apertar os três lados de um mandril – Atuando nos três lados, garantimos a centralização da broca de forma realmente efetiva, assim teremos uma máquina mais balanceada em mãos;

2.o MOTIVO para se apertar os três lados de um mandril – Garantir um aperto mais forte e a consequente segurança da broca que, muitas vezes, está girando a 3 mil RPMs.

Além disso, os três furos também servem para balancear a peça, distribuindo o peso por igual, legal esse pequeno detalhe, né?

É isso aí pessoal, espero que tenham gostado dessa dica. E aproveitem para ver como conservar suas ferramentas como novas em nosso post “como conservar suas ferramentas“.

Compartilhar com:
Avalie este Artigo

Olá pessoal! Meu nome é Leandro e sou vidrado por tudo o que é relacionado ao “faça-você-mesmo”. De bancos de madeira a luminárias, de instalação de chuveiros a reparos nos móveis de casa. Sempre achei muito legal você trabalhar em algo físico, transformar um pedaço de madeira em um objeto útil, ou consertar algum aparelho que tenha quebrado. É uma grande satisfação olhar e dizer: eu sei como fazer! Quando era pequeno, meu pai me dava alguns aparelhos velhos para desmontar e descobrir como funcionavam. Mas naquela época eu desmontava com alicates e marteladas, ou seja, era impossível montar de novo, rsrsrs… Mas essa paixão continuou e como me formei em uma profissão totalmente diferente – sou publicitário – decidi que esse seria o meu hobby! Do hobby e da amizade com o Luciano, surgiu o Empoeirados. Em nosso blog vamos mostrar tudo o que sabemos fazer e que aprendemos lendo livros e pesquisando muito. O Empoeirados será o nosso site para trocarmos ideias sobre bricolagem, marcenaria e outras coisas, combinado? Então, entre e fique à vontade!

Comentários
  • Caro, na linha de produção de um mandril esses três furos são feitos em frações de segundo por uma máquina. Acredito q eles existam apenas para agilizar a utilização do usuário, de modo q este não precise ficar girando o mandril para encontrar o encaixe da chave. Abraço.

    31/10/2016
  • Pesssoal por favor pensem… o que vai acionar o movimento de aperto ou desaperto das castanhas é o giro da cremalheira circular que por sua vez é acionado pela rotação da chave de mandril que poderá esta inserida em qualquer um dos três orifícios… então tanto faz em qual ou em quantos você realiza o giro com a chave.

    Concordo com o que o IUCA comentou.

    03/02/2017
  • Vou falar da vida prática. Quando aperto os três lados nunca aconteceu da broca girar em falso ou se soltar, ao contrário de quando, na pressa, aperto só um lado do mandril. Então, pra mim, na prática, melhor ter dez ou quinze segundos a mais de trabalho e evitar um possível acidente sério.

    07/01/2018

Deixe um comentário