InicioEpisódiosDicasUse cera de abelha para tampar os furos da sua madeira!

Use cera de abelha para tampar os furos da sua madeira!

Cera de Abelha para tampar os furos? Hein?

É isso mesmo, eu já tinha ouvido alguém lá no passado me falar sobre isso, mas não dei muita bola. Esses dias fiquei sabendo que isso era possível. E como sou um cara esperto, fui numa loja, achei essa cera e nesse final de semana consegui testar! E confesso que gostei de resultado! Não pensei que ficaria tão bom. Esse “copo” que comprei custou 8 reais, e vai durar por um bom tempo… 🙂

Então, mãos a obra, ou melhor, mãos na cera!

Essa é a peça em MDF que montei. Para não ficar aparecendo, eu quis colocar a cera de abelha e ver o resultado.

Como fazer esfregão de madeira

Usei um formão que não uso para pegar a cera.

Como fazer esfregão de madeira

Como fazer esfregão de madeira

Com o formão, aplique no local desejado. Capriche na cera, depois você tira o excesso. O legal do formão que ele tem esse corte 45 graus, dá certinho quando você passa. Pode utilizar uma espátula pequena também…

Como fazer esfregão de madeira

Olha o resultado…

Como fazer esfregão de madeira

Faça um acabamento com uma lixa fina…

Como fazer esfregão de madeira

E pronto! Até que o resultado ficou legal, não? Eu gostei! Vou usar nos próximos trabalhos. Muito prático e fácil de fazer. Melhor do que aqueles tapa furos de plástico que nunca ficam na cor da madeira! Pelo menos eu prefiro.

Como fazer esfregão de madeira

Até a próxima galera!

Compartilhar com:
Avalie este Artigo

Olá! Eu sou Luciano, um apaixonado por marcenaria. O gosto por montar coisas usando ferramentas diversas veio do meu pai, que era um torneiro mecânico de mão cheia! Desde criança eu juntava madeiras que encontrava por aí para montar diversas coisas que vem na cabeça de um moleque de 10 anos. Aliás, quando eu sumia de casa, minha mãe já sabia onde me procurar: na marcenaria que ficava ao lado de onde morava. Ô tempo bom! O Empoeirados foi ideia que tive e desenvolvi com o Leandro. A gente pensou em um blog para mostrar às pessoas como o “faça-você-mesmo” pode ser prazeroso. Além de fazer coisas muito legais para sua casa, para seus amigos ou parentes, você ainda pode tirar todo o stress do dia-a-dia. E queremos contar com a participação de vocês para desenvolver mais ideias legais e criativas! Para isso, leia, assista, comente e compartilhe nossos tutoriais. E então, não quer colocar suas ferramentas para trabalhar?

Comentários
  • Ótimo acabamento!! onde encontro essa cera de abelha pra comprar aqui pra oficina?

    19/10/2014
  • Ótima dica!! onde consigo esta cera de abelha ?

    22/10/2014
  • Opaa, gostei da dica, mas tenho uma duvida… e se a madeira que eu for tampar o buraco estiver exposta a calor e umidade, essa tecnica funciona? a cera nao derrete? eu teria que aumentar o ponto de fusao da cera?!

    abraços!

    07/03/2015
    • Olá Pedro! Não use a cera de abelha. A cera é perfeita para materiais que receberão laminação. Mas para ficar exposta, existem massas para madeira na cor desejada. Fica muito melhor e mais resistente. Grande abraço!

      27/03/2015
  • ah detalhe, eu estava pensando em utilizar apenas oleo de linhaça e terebentina como cobertura da madeira

    07/03/2015
  • PESSOAL EU TRABALHO COM MADEIRAS, EU CONFIRMO AS PALAVRAS DO AMIGO LEANDRO CAUSO E ACRESCENTO, SE VC COLOCAR ALGO QUENTE(EX: UMA PANELA QUENTE, PRONTO VC JÁ PERDEU O TRABALHO. EXISTE REALMENTE MASSA PRÓPRIA PARA MADEIRA DE TODAS AS CORES.

    23/08/2015
  • Minha mesa de jantar, feita de madeira, rachou, talvez por causa do calor e da baixa umidade da cidade onde moro. A rachadura é bem grande, deve ter 1 metro de comprimento (quase o comprimento da mesa) e uns 2 ou 3 milímetros de largura. Posso tampá-la com cera de abelha? Será que fica bom?

    30/09/2016
    • Hummm… tá difícil de colocar cola e prensar com grampos? Se não, é melhor usar uma massa para madeira, encontrada em lojas de tintas. A cera de abelha fecha bem também, mas não sei se o calor da sua cidade vai estragar. Abraço!

      31/10/2016

Deixe um comentário